apanhada na curva

a ditosa senhora foi apanhada na curva... sempre o mesmo estilo arrogante e o mesmo veneno a atacar tudo e todos, teve azar e mordeu a língua...

Comentários

Anónimo disse…
Creio que esta resposta vai de encontro ao real valor da Manuela Moura Guedes:

"Ainda noutro dia me ri a bom rir com as notícias da morte do jornalista, do graaaandeeeee jornalista americano Walter Cronkite. As coisas que eu li... "O grande jornalista de referência da América." Bem, mas o Cronkite chorou, envolveu-se, denunciava. Comparado comigo? Por amor de Deus. "Morreu o último dos grandes jornalistas, o homem que chorou nos momentos cruciais", diziam. Então, como é que é? E depois criticam-me a mim? Mas preferem o quê? Querem autómatos? Acho uma graça. E falam de mim... aquilo não é nada."

Genuinidade, sr. José Carlos Soares. Genuinidade.
Afinal, onde para a liberdade de imprensa?!?

Para quem não gosta da Manuela Moura Guedes, tem andado a publicar muitos posts acerca dela!!! - será inveja!?!

A Manuela, é das melhores jornalistas a nível nacional.

E se o sr. José Soares deveria ter vergonha, uma vez que foi corrido da mesma estação televisiva.
querida anónima, acho curioso ter escolhido precisamente aquela passagem da entrevista porque me lembro muito bem de algumas criticas feitas onde os pivots não podiam ter expressão, só ela podia.
aconselho-a também a rever os factos para não cair no erro grosseiro de dizer que eu fui corrido dessa estação televisiva: não fui e se voltasse a no tempo mesmo sabendo que a minha vida iria ser tudo o que foi nestes anos teria vindo embora porque apesar das dificuldades fui mais feliz e digno do que se por lá tivesse ficado a aturar gentinha como ela.
Fada do bosque disse…
Gentinha, gentlha, ralé!
É bom que nos informe o que fazem as víboras nos "seus" covis... obrigada.
Ganhar popularidade à custa das desgraças dos outros, é vergonhoso.
Fez muito bem, obrigada José Carlos Soares
Anónimo disse…
Continuem a fazer a festa dos açoites na MMguedes e finjam que não percebem que a liberdade de informação foi posta em causa. Ou pode ser que nem alcancem. Eu tive uma peça na TVI censurada, com texto alterado por uma jornalista que aparece sempre como figura de proa desta arte. Simplesmente não era seu "compagnon de route"... E a MMGuedes não estava lá. Foi antes disso. É bom que se perca (ganhe, digo eu!) tempo a reflectir sobre o caminho que está a ser trilhado. Desta vez foi o JNacional da MMG mas da próxima pode ser o editorial do Emídio Rangel...aí os meninos da outra troupe fazem uma festa por verem o Rangel a arder e a liberdade da minha querida profissão vai fenecendo. Pronto...lá estou eu o anónimo do costume, JCS...
Fada do bosque disse…
Aconselho o anónimo a ver o que é a verdadeira liberdade de expressão... se não conhece vá a um bom exemplo altohama.blogspot.com
Isso sim é falar a verdade, que eu saiba está em blogues e não na comunicação social!
Fada do bosque disse…
Aliás se a liberdade de expressão existe, porque se mascara de anónimo?!
Anónimo disse…
Fada do bosque: agradeço o conselho e as lições sobre liberdade de expressão. Se o meu anonimato a incomoda não me comente. Aliás,é em pleno exercício da minha liberdade de expressão que posso optar por assinar ou não os meus comentários. A menos que o seu bosque seja na Albânia e aí já estamos a falar de outras dimensões de exercício da liberdade.
Anónimo disse…
Como cidadão, acho piada como é que vêm para aqui defender a Manuela "Boca" Guedes, uma pessoa que apenas se quis promover a si própria durante todo estes anos com polémica atrás de polémica, só ela é que pode fazer tudo, os outros são autómatos...

Mensagens populares